terça-feira, 15 de agosto de 2017

Livro: Lembranças...

Hoje quero apresentar um livro de poesias incrível, "Lembranças..." da autora Rachel Romero Scoparo.

Sinopse Oficial
Um livro de poesias com a proposta da autora em transmitir sua vivência otimista ante aos dissabores da vida, mergulhando no passado de uma infância difícil, até a maturidade. Com versos narrativos e descritivos, faz um convite para observar tudo o que se aproxima do nosso olhar. Um alerta àqueles que têm olhos, mas não veem.

Pura sensibilidade em versos que emocionam e cativam.




Editora: 4Letras
Autor: Rachel Romero Scoparo
ISBN: 978-85-67613-03-1
Origem: Nacional
Ano: 2016
Edição: 1
Número de páginas: 102


Minhas considerações:

O livro é muito gostoso de ler e nos faz voltar ao passado. Através de suas, poesias a autora, que é descendente de alemães, conta momentos da sua vida da infância até a idade adulta.

Com simplicidade e profundidade, Rachel nos faz refletir sobre o dia-a-dia, família, perdas e felicidades. Realmente nos desperta sensações e nos faz ver um filme em nossas cabeças.


"Mulher encontrada durante anos,
entre as hortaliças, fl ores, plantas.
Mulher do crochê, retalhos, pontos pequenos.
Passaram os anos, a idade chegou.
Faço-lhe uma visita.
Sentada no sofá da sala, cabelos brancos,
olhar triste."

Mulher - Rachel Romero Scoparo



Em meio a tantas poesias, seria impossível encontrar uma que mais te cative.

Recomendo a leitura deste livro a todos os amantes de poesias e aqueles que também não são fãs do gênero, vale muito a pena.


                                                       Rachel Romero Scoparo

 
Adquira o livro em: https://www.livraria-editora4letras.com.br/lembrancas

Abraços e boa leitura!!!

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Livro: Quem de nós dois

Hoje quero falar sobre o livro "Quem de nós dois" de Hellen Flávia, mesma autora de "Gravidade".

A história de um romance que tem início em um Cruzeiro e que mudará a vida da protagonista Marina, fazendo-a passar por situações inusitadas na cidade de Santos (litoral paulista).


 Sinopse Oficial
E se você acreditasse que o amor da sua vida estava morto e o reencontrasse anos depois?

É exatamente isso que acontece com Marina. Que, acompanhada de sua melhor amiga, decide aproveitar as férias e embarcar em um cruzeiro, onde conhece Alessandro, um jovem misterioso e irresistível. Imediatamente, ela se sente atraída por ele e acaba se envolvendo intensamente, apesar de não saber o que aconteceria quando o navio atracasse.

Mas, eles não contavam com a crueldade do destino. Após um trágico acidente, Marina passou a acreditar que Alessandro estava morto, até reencontra-lo quatro anos depois. O único problema, é que ele não se lembra dela!

Editora: Independente
Autor: Hellen Flávia
ISBN: 978-85-95630-22-2
Origem: Nacional
Ano: 2017
Edição: 1
Número de páginas: 214


Minhas considerações:

Conheci o livro, apresentado por um amigo leitor. Não sou muito fã de romances mas, pela indicação, iniciei a leitura. Para minha surpresa fui logo envolvido pela história!!!

Que livro gostoso de ler!!! Os cenários e os personagens me fascinaram e percebi rapidamente o quanto a autora escreve bem. Uma das característica que gosto, e apoio muito, é o fato de se passar no Brasil, principalmente na cidade de Santos/SP, lugar que eu adoro.

Acompanhar as situações inusitadas resultantes do encontro, perda e reencontro do amor de Marina foi sensacional. O final, simplesmente surpreendente, fiquei pasmo e torci pelo o que ia acontecer!!! O amor é inexplicável!!! rs

Para quem gosta de romances, e para quem não gosta também, recomendo a leitura desse livro, tenho certeza que você irá se apaixonar.


                                                        Hellen Flávia

Maiores informações sobre a autora e seus livros na sua página do facebook: https://www.facebook.com/livrogravidade/

Abraços e boa leitura!!!

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Livro: O Pesadelo do Príncipe

Hoje vou falar sobre o novo livro de Leonardo Henrique Galvão, mesmo autor de "Contos e Encontros Piratas", publicado no começo do ano.

Esse novo livro tem como título "O Pesadelo do Príncipe", um romance de terror/suspense que se passa no navio espanhol Príncipe de Astúrias, que naufragou na costa Brasileira (mais especificamente em Ilhabela) em 05 de março de 1916.

Esse acidente é comparado ao do famoso navio Titanic, que bateu em um iceberg e naufragou em 1912 matando mais de 1.500 pessoas.

Diferente do navio inglês, muitos mistérios ainda envolvem o acidente com o Príncipe de Astúrias e o que o teria levado a naufragar em nossas águas. 

Sinopse oficial

No Carnaval de 1916, o transatlântico espanhol Príncipe de Astúrias bateu em um rochedo na Ponta da Pirabura, na costa de Ilhabela, e naufragou causando a morte de mais de mil pessoas, quando fazia sua sexta viagem da Espanha à América do Sul. Este é considerado um dos maiores naufrágios do mundo, comparado ao do famoso navio Titanic. Até hoje, as causas desse acidente não foram totalmente explicadas. 

Sara sentia que forças ocultas ameaçavam aquela viagem à América, enquanto o misterioso Romero se embrenhava por uma trama envolvendo o comandante do navio e parte da tripulação.

Após 100 anos de mistérios, segredos serão revelados. Terror e suspense estão a bordo deste luxuoso navio.

Embarque nesta aventura e surpreenda-se com a última viagem do Príncipe de Astúrias.

Editora: Editora 4 letras
Autor: LEONARDO H. GALVÃO
ISBN: 978-85-67613-06-2
Origem: Nacional
Ano: 2016
Edição: 1
Número de páginas: 172
Acabamento: Brochura c/ orelha
Formato: Médio


Minhas considerações:

Nitidamente o autor é um grande conhecedor da história marítima e de mitologia, além de um mestre no suspense. Neste livro Leonardo H. Galvão consegue tecer tramas entrelaçadas, misturando o sobrenatural com o real, terror e suspense em meio a um cenário histórico, criando uma história e relações entre personagens fictícios com os reais. O Príncipe de Astúrias se torna um palco para inúmeros eventos misteriosos até o momento do seu naufrágio.

O autor se aproveita dos diversos questionamentos e mistérios que envolvem o naufrágio do Príncipe de Astúrias para criar essa trama envolvente e assustadora.


Ao final da história, utiliza uma "Nota do Autor" para explicar um pouco sobre os eventos reais e a história do Príncipe de Astúrias, que me deixou ainda mais assustado.

Imaginem uma mistura de Stephen King, Dan Brown e Clive Cussler e terão uma ideia de como ficou o livro.

Para aqueles que querem adquirir "O Pesadelo do Príncipe", é só clicar no link abaixo.


Recomendo muito a leitura deste livro. Além de conhecer a sensacional história do naufrágio do Príncipe de Astúrias, muito terror e suspense vão lhe acompanhar durante a leitura!!!


Abraços e boa leitura!!!

quinta-feira, 3 de março de 2016

Livro: Contos e Encontros Piratas

Um dos mais recentes livros publicado no Brasil, com histórias de Piratas. Com uma abordagem nova que fará o leitor se apaixonar pelo tema e sentir o desejo de navegar pelo litoral brasileiro.

Isso porque o autor não apenas retoma as histórias de pirataria, mas usa as cidades brasileiras como cenário para estas aventuras.

Uma mistura de história e ficção, real com o sobrenatural, e o palpável com o intangível!!!

Sinopse oficial 

Contos e Encontros Piratas
Histórias de pirataria estão sempre presentes em nossa imaginação. Através dos livros podemos participar das grandes aventuras de piratas em busca de tesouros, estudar mapas secretos, lutar com espadas e canhões e navegar pelos mares misteriosos.

Nestes contos (e encontros) nossos piratas explorarão ilhas mortais, encontrarão tesouros assombrados, lutarão contra inimigos terríveis, conhecerão pessoas fantásticas e chegarão ao limite de seus corpos e mentes.

Aventura, romance, terror, drama, ficção e suspense os aguardam neste livro!



Editora: Editora 4 letras
Autor: LEONARDO H. GALVÃO
ISBN: 978-85-67613-01-7
Origem: Nacional
Ano: 2016
Edição: 1
Número de páginas: 124
Acabamento: Brochura c/ orelha
Formato: Médio

Minhas Considerações:

Fãs de histórias e aventuras do mar e de pirataria vão se deliciar com estas aventuras!!!

São 12 contos piratas com títulos chamativos como "A Sereia", "Os Cães do Governador", "A Ilha da Morte" e "O Tesouro do Corcovado".

As histórias contemplam muitos ícones que fazem histórias de piratas serem tão gostosas e emocionantes de ler: Lutas, terror, magia negra, monstros marinhos, batalhas navais, tempestades, fugas, explosões, sangue e rum, muito rum!!!

Mas o que mais chama a atenção nestes contos é o fato de se passarem no Brasil!!!

Cidades litorâneas do estado de São Paulo como Santos, Cananéia, Ubatuba, são alguns dos palcos para as aventuras dos nossos ladrões do mar.

O autor, mistura bem fatos históricos com ficção e lendas brasileiras, além de conter toda emoção que estamos acostumados ao ler histórias de piratas.



É característica deste autor fazer você sentir o que está se passando nas histórias. Em alguns momentos você chega a se arrepiar de medo.

É possível conhecer mais sobre o autor e seu trabalho em seu blog: "Bússola dos Piratas" em bussoladospiratas.blogspot.com.br

Quem quiser pode adquirir o livro através do blog do autor ou direto pelo link: http://www.livraria-editora4letras.com.br/contos-e-encontros-piratas

Recomendo muito a leitura deste livro.

Preparem-se para embarcar em grandes aventuras!!!



Abraços e boa leitura.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Livro: Latitudes Piratas

Dentre meus autores favoritos está Michael Crichton.

A noticia de sua morte deixou muitos leitores bastante tristes, e com a impressão que não leriamos mais nenhuma história empolgante como as escritas por esse mestre.

Qual não foi a nossa surpresa quando surgiu este "livro póstumo" sobre piratas!!!

Eis um tema que gosto muito, e escrito por Crichton, só poderia ser o sinal de mais uma emocionante leitura!!!

Sinopse Oficial

Uma agitada história de aventura, com ação ininterrupta, atmosfera eletrizante e um suspense de acelerar o coração. Latitudes Piratas traz todos os elementos que fizeram de Michael Crichton um dos mais populares escritores do mundo, com 150 milhões de livros vendidos, traduzidos para 36 idiomas, 13 deles transformados em filmes de sucesso, como O parque dos dinossauros. O romance póstumo de Crichton foi encontrado por um assistente do escritor, em um dos seus computadores, junto com outro original inacabado, e chega agora às livrarias.

A história do livro se passa em 1665 e começa em Port Royal, Jamaica, quando o corsário inglês Charles Hunter é contratado pelo governador local para liderar uma expedição a Matanceros, fortaleza espanhola localizada em uma ilha do caribe. Segundo informações que chegaram a Port Royal, um galeão espanhol repleto de tesouros está ancorado na ilha, aguardando uma escolta para levar seus tesouros a Espanha. Hunter não hesita: ouro nas mãos dos espanhóis é ouro para ser roubado.

Seguindo a linha consagrada pelos filmes Onze Homens e um Segredo e Uma Saída de Mestre, Crichton cria um grupo de corsários que parte para a execução do mirabolante plano de roubar o galeão espanhol. Diferente do que se vê nos mais recentes filmes de piratas, o livro recupera o autêntico clima dos saqueadores aventureiros que se arriscavam no mar em busca de tesouros, sem os tons pastel vistos nas telonas.

Michael Crichton já havia mostrado em Linha do Tempo um enorme talento para reconstituições históricas. Detalhista e dono de um timing perfeito, Crichton recria uma Port Royal realista e brutal - uma cidade violenta, cheia de tabernas, botequins e casas de tolerância, onde a lei que impera é a do punhal. Sem medo, o autor mostra os corsários e espanhóis como homens duros dispostos a qualquer coisa para conseguir o seu tesouro. O resultado é uma aventura irresistível, uma clássica história de conquistas e traições.

Editora: Rocco
Autor: MICHAEL CRICHTON
ISBN: 9788532525611
Origem: Nacional
Ano: 2010
Edição: 1
Número de páginas: 320
Acabamento: Brochura
Formato: Médio

Minhas Considerações:

Fãs de histórias e aventuras do mar e de pirataria vão se deliciar com esta aventura!!!

A história contempla todos os ícones que fazem uma história de pirata serem tão gostosas e emocionantes de ler: Lutas, terror, magia negra, monstros marinhos, canibais, batalhas navais, tempestades, fugas, explosões, sangue e rum, muito rum!!!

Além de contextualizar muito bem a realidade da Jamaica em 1665, com fatos históricos e costumes da época.

Para fãs de Piratas do Caribe, podem ler este livro e com certeza vão encontrar algumas semelhanças, porém não é um livro infantil, e nem uma história infanto-juvenil, sendo assim, não é tão romântico, mágico e engraçado com as histórias da Disney.

Recomendo muito a leitura deste livro. Matem a saudade de Michael Crichton, e preparem-se para sentirem-se dentro de uma grande aventura!!!

Abraços e boa leitura.

Livro: O Herói Perdido - Os Heróis do Olimpo - Livro Um

Após a leitura do livro Vinte Mil Léguas Submarinas, de Julio Verne (postado aqui anteriormente), embarquei na leitura de O Herói Perdido, continuação da Saga Percy Jackson e os Olimpianos.

Confesso que esperava mais deste livro, pois como postado anteriormente gostei muito da saga anterior. Porém não tive nenhuma surpresa com esta nova história.

Apesar de novos personagens, a fórmula é a mesma. A diferença é que a partir de agora, os deuses do olimpo são apresentados em suas formas romanas. O que não muda muito de suas formas gregas, mas o foco é trabalhar em suas características, nomes e lendas romanas. Uma mistura interessante, mas nem tanto original.

Sinopse Oficial


Nova série do mesmo criador de Percy Jackson e os Olimpianos que já vendeu mais de um milhão de exemplares no Brasil!
Personagens novos e conhecidos do Acampamento Meio-Sangue dividem espaço nesse primeiro volume da série Os Heróis do Olimpo. Rick Riordan volta ao universo de Percy Jackson e os Olimpianos com ainda mais aventuras, humor e mistério.
Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam duro para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia.
Os campistas seguirão firmes na inevitável jornada, mas, para sobreviver, precisarão contar com a ajuda de alguns heróis, digamos, um pouco mais experientes - semideuses dos quais todos já ouvimos falar... e muito.

Confira os desdobramentos da série Percy Jackson e celebre a volta do grande escritor Percy Jackson ao mundo da aventura fantástica! Esta nova série também irá agradar os fãs das sagas de Harry Potter, Narnia e Crespúsculo.

Editora: Intrínseca
Autor: RICK RIORDAN
ISBN: 9788580570083
Origem: Nacional
Ano: 2011
Edição: 1
Número de páginas: 432
Acabamento: Brochura
Formato: Médio

Minhas Considerações:

Uma leitura agradável, uma narrativa bacana. Mas como disse anteriormente, para quem conhece a saga original, não terá nenhuma surpresa.
O que não quer dizer que não devem lê-lo. Eu mesmo, mal posso esperar para o próximo livro desta nova saga, que segundo boatos terá como título "O Filho de Netuno".

Abraços e boa leitura!!!!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Sobre Corujas 2...

Coruja - A Grande Travessia

Em quase todas as partes do mundo, a coruja tem sido associada aos espíritos da dissolução.
Desde a Idade da Pedra, há evidências do interesse da humanidade por esses pássaros: numa rocha ao sul da França, há uma coruja gravada. Um desenho sumeriano (de 2300-2000 a.C.) mostra uma deusa nua escoltada por corujas. Muitas referências bíblicas associam a coruja à miséria, à desolação e ao luto.

Ovídio e Plínio, entre muitos escritores antigos, relacionam a coruja com a morte e seu canto com um sinal sinistro. E o mesmo acontece entre autores latinos. Em regiões semitas, a coruja é olhada como agente do mal e na Pérsia, como anjo da morte.

Na África, a coruja é comumente ligada à feitiçaria. Quando uma dessas aves aparece numa casa de Bechuanalândia, o xamã é convocado para realizar o exorcismo. Em certas regiões da Nigéria, os nativos evitam pronunciar o nome da coruja, preferindo dizer o pássaro que deixa a gente com medo.

Na América do Norte, os Ojibwas acreditam que é um espírito mau transmudado naquele animal.
No entanto, na China antiga as corujas eram oferecidas em sacrifício religioso e para ornamentar os cantos externos da casa, a fim de proteger todos os ocupantes de coisas maléficas, especialmente o fogo. Em Israel, a coruja cinzenta é considerada um bom sinal, quando aparece perto da colheita. A crença pode ter nascido da observação de que a coruja ataca o animais e pássaros que estragam as colheitas. Autores latinos antigos se referem à prática de pregar uma coruja de asas abertas para impedir que raios e trovões causassem prejuízos àquela casa; tal costume persistiu até o séc. XIX, na Inglaterra. Os romanos usavam figuras de coruja para combater o mau olhado.

Entre as tribos do norte da Ásia, era comum o uso de corujas para combater as forças malignas. Na Índia, penas de coruja são colocadas no travesseiro de crianças inquietas para lhes proporcionar um sono tranqüilo. O povo Ainu, do Japão, faz estátuas de coruja, em madeira, para pregá-las nas portas com o intuito de combater a fome e a peste. Entre os Pawneeses, dos Estados Unidos, o pássaro traz proteção.

Plínio afirmava que o coração de uma coruja, colocado sobre o peito de uma mulher, a forçava a divulgar segredos. Entre os gregos eram atribuídos poderes medicinais aos ovos da coruja: uma sopa deles podia curar epilepsia; cabelos grisalhos tratados com essa sopa, tornavam-se novamente negros. Mas, para ter efeito, o ovo deveria ser aquele que iria gerar uma coruja-macho...

Na mitologia grega está associada à deusa ATENA, talvez por seus hábitos noturnos; ficou sendo o símbolo da comunidade ateniense. Isso também lhe valeu o título de símbolo da sabedoria. Já no sistema hieroglífico egípcio, a coruja simboliza a morte, a noite, o frio e a passividade; também concerne ao reino do sol morto, quer dizer, do sol sob o horizonte, quando atravessa o lago ou o mar das trevas.


Fonte: http://members.fortunecity.com/entremundos1/aves.htm (acesso em 13/06/11)


Abraços!!!